22/02/07

'A Biografia de Sérgio Varella Cid'

(...)Predestinado para o triunfo
A vida de Sérgio inicia-se com foros de predestinada para o triunfo absoluto. Nasceu em 1935, em Lisboa, filho do pianista Lourenço Varella Cid, professor do Conservatório Nacional e director do Círculo de Cultura Musical, e de Dora Soares, brasileira, violinista laureada. Pela sua casa, no número 37 da rua do Salitre, passam as maiores figuras da música do século XX: Prokoffief, Isaac Stern, Yehudi Menuhin, Heifetz, Cassadó. É o próprio pai quem, assombrado, dá com ele, aos três anos de idade, empoleirado na banqueta do Bechstein, os dedos a percutirem a mesma sequência de notas do 3º Concerto de Beethoven que ele tocara, pouco antes - Sol, fá, sol, dó, fá.... Dois anos depois, no salão do Sindicato dos Músicos, em Lisboa, uma "verdadeira tempestade de aplausos" recebe a sua execução de variações de Beethoven sobre um tema suíço e O meu primeiro desgosto, composição assinada pelo "minúsculo pianista". Sérgio Varella Cid torna-se, no dia seguinte, "a grande sensação da Lisboa musical", relata o livro. Nos anos imediatos, em serões na sua casa - um edifício senhorial do século XIX -, pianistas e maestros de renome internacional, como Arthur Rubinstein, Claudio Arrau, Benno Moiseivitch, Nikita Magaloff, Igor Markevitch, Walter Gieseking, ouvem-no tocar e aplaudem as suas capacidades inatas. Yesterday Mozart, today Cid, há-de escrever um jornal inglês, no dia a seguir ao primeiro concerto, na capital britânica, do pianista-prodígio, então com 12 anos. Com o apoio de Moisevitch - famoso pianista da primeira metade do século e seu padrinho de baptismo - , Sérgio muda-se para Londres, aos 16 anos, para melhorar as capacidades técnicas e artísticas e para se lançar em mais largos voos. A sua vida não tarda a desdobrar-se numa duplicidade de caminhos paralelos.(...)», in Público,21.02.2007, a propósito da publicação da Biografia do Pianista por Joel Costa

***

Não sei porquê (ou talvez até saiba muito bem!), mas a leitura deste artigo trouxe-me à memória tanta coisa...imagino o que dirias, se aqui estivesses...e eu iria, numa correria louca, à procura do livro e depois ficava à espera da tua crítica, 'feroz', e eu a beber-te as palavras, as ideias, a amargura, a frustração, a tristeza, a nostalgia dos tempos passados...agora, correr para quê?, ler para quem?, aprender porquê? Ler este livro seria como escarafunchar, mais ainda, na ferida...


***...***...***
(Magritte)/"Quando abarcarmos esses mundos e o conhecimento e o prazer que encerram, estaremos finalmente fartos e satisfeitos?",WW

6 comentários:

amok_she disse...

Confesso q me sinto profundamente surpreendida pelo número de pessoas q chegam a este blog por via da pesquisa sobre Varella Cid...das duas uma: ou o livro de Joel Costa está a ter mt boa aceitação, ou existe (ainda!) uma vincada memória sobre este genial pianista...

LVC disse...

Sou o último filho de Sérgio VC.
Passei por aqui exactamente pela pesquisa do nome do meu pai.

Obrigado

amok_she disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
amok_she disse...

Não sei como deixei passar este comentário...é q ñ o vi, mesmo, até hj...:-(

Nada a agradecer...

盛豐 disse...

色a片
成人a片
色a片色情自拍影片庫
成人a片Live秀
夫妻做愛a片直播
免費a片下載無碼有
免費無碼a片
色a片免費看
免費無碼a片
校園美女a片影音視訊網

線上免費試看短片a片 disse...

免費love情色交友
無碼卡通光碟
免費人妻a片
免費a片直播
人妻a片成人影片
情侶自拍a片
線上人妻a片
a片免費看
色情人妻a片