25/05/07

Vamos lá a ver: o homem até tem razão, porra! Não há hospitais, não há escolas, não há hóteis, não há comércio...alguém duvida disto??? O homem tem razão, porra! É claro que o homem só se enganou numa coisa, no princípio e no fim, ao referir-se à ausência também das pessoas, das gentes, coisa de pouca ou nenhuma importância, ora essa!, mas...se calhar até nisso tem razão: camelos como nós somos, por lhes andarmos a encher as panças, é claro que isto - a margem sul - só podia ser mesmo um deserto, indigno duma qualquer obra de tão brilhante desgoverno! É claro que estas ausências não são exclusivas da margem sul já que Portugal é Lisboa e o resto é paisagem, mas...a malta da margem sul dispensa bem o raio do aeroporto!

E já agora, ó s'ô ministro!...que tal mandar a merda da Ota às urtigas e vir pr'a margem sul criar o oásis???...com hospitais, mais escolas (superiores, por exemplo, que das outras nem nos queixamos muito), hóteis, fábricas, comércio e, já agora se não é pedir muito...equipamentos desportivos, teatros, museus, espaços verdes...ó c'um caraças, pró_c'uma pessoa está guardada depois de velha, porra!


***...***...***
(Magritte)/"Quando abarcarmos esses mundos e o conhecimento e o prazer que encerram, estaremos finalmente fartos e satisfeitos?",WW

1 comentário:

Maria disse...

Nascida e a viver no "deserto" com muito gosto, o que mais achei mais triste foi a graçola sobre alguém com um cancro no pulmão a quem restam três meses de vida. Triste este ministro e a necessitar de ajudas dos A.A. com urgência.